InfoMediaPT

domingo, outubro 16, 2005

14 anos depois...

Parece estar na moda fazer-se história em Portugal. E mais uma vez, passada menos de uma semana desde que Pauleta bateu Eusébio nos melhores marcadores da selecção Portuguesa de futebol, foi a vez de Nuno Gomes marcar 2 golos no sempre dificil estádio do Dragão, garantindo assim a vitória do Benfica 14 anos depois.

Descrever este jogo como banho de bola Benfiquista seria ser fanático, mas na segunda parte quase que o chegou a ser. Uma primeira parte muito equilibrada com poucas oportunidades de golo, a melhor foi por Simão que num remate de cabeça faz passar a bola muito perto do poste direito de Vitor Baía que completava 46 anos. Uma noite infeliz para o aniversariante, visto que já na segunda parte.. estando o Benfica muito consistente na defesa e atacando com certeza nascem os dois golos de Nuno Gomes. Primeiro a centro de Nelson, uma autentica falha da defensiva portista deixando o avançado do Benfica sozinho, cabeceando a bola para o fundo da baliza. Já o segundo golo nasceu dos pés de Karyaka que por sua vez entrou muito bem na partida, mostrando que vale mais do que um lugar no banco, esperou pela desmarcação de Geovanni que em centro rasteiro tenso e após outra falha defensiva deixa Nuno Gomes sozinho para encostar.

Não há muito mais para contar, uma vitória justa num jogo que não deixou de ser equilibrado, mas a mais consistencia do Benfica levou a um 2-0 sem sobressaltos numa noite em que se fez história.